Aproveitando as férias com as amigas #fondue

Nada melhor que estar de férias! Sem provas, sem acordar cedo, sem física, matemática e química, sem professores chatos hahaha, mas no meio dessa felicidade toda chega uma hora que o tédio aparece, né? Os filme da Sessão da tarde ficam mais repetitivos que nunca, os seriados das Disney perdem a graça e você já não vê a hora de voltar pra escola porque sente saudade da farra que é na sala de aula. Mas porque em vez de ficar mofando no sofá você não aproveita com os amigos esses dias lindos de folga? Foi pensando nisso que fiz o post. Semana passada eu e mais seis amigas nos juntamos para fazer uma das sete maravilhas do mundo: Fondue <3 Foi super fácil e ficou uma delicia.

Usamos:
Frutas- Depende da quantidade de pessoas
Maça
Banana
Morango
Uva
Chocolate meio amargo (1kg)
Creme de leite

Preparo:
Cortar todas as frutas em pedaços pequenos
Cortar o chocolate em pedaços antes de derrete-lo
Derreter o chocolate em banho maria, ou, direto no fogo como nós fizemos
Acrescentar creme de leite conforme o chocolate for derretendo
Ficou ótimo, comemos até quase explodir e depois assistimos um filme. #ficaadica, haha

"Quanto tempo você acha que leva para amar alguém?"


Era final de tarde, nós dois estávamos sentados em um banco na praça, era bem aquela cena de filme que eu tanto queria viver, alias, todos os nossos momentos são lindos o suficiente para virarem história, são nossas histórias, e pelo que vivemos até hoje eu posso dizer que são os melhores momentos que eu já vivi ao lado de alguém. Nós estávamos conversando, eu estava deitada no seu ombro e resolvi te perguntar algo que eu realmente queria saber a resposta: "quanto tempo você acha que leva para amar alguém?". Ficamos em silêncio por alguns instantes, você disse que não sabia me responder, como eu também não sabia a resposta me calei. Você me beijou e acho que foi uma das sensações mais maravilhosas que já tive.

Eu realmente não sei quanto tempo se leva para o amor nascer, mas acredito na relatividade do tempo quando o assunto é sentimento. Eu sinto muito, mas não sei explicar o quanto você significa, ou o que acontece com meu estômago quando te vejo, mas posso falar do quanto eu morro de saudade por ficar seis dias sem te ver. Sinto meu coração quase pular por saber que você está chegando, sinto cada parte do meu corpo se arrepiar com os seus abraços e uma felicidade plena o bastante para me tirar do chão com os seus beijos. Sinto o encaixe perfeito das suas mãos nas minhas, e sinto-me despida quando seus olhos encontram os meus.

Posso falar daquele nosso primeiro encontro, de como eu achava que não iria acontecer nada, mas fui embora pensando "é ele". Posso falar que me apaixonei pela maneira como você ergue a sobrancelha quando quer me explicar alguma coisa, ou do seu sorriso meio de lado, meio centrado. Posso falar que perco o fôlego quando te vejo de camisa branca, porque fica incrivelmente lindo em você. O jeito como você me abraça, a maneira como me segura com força, como de quem tem medo que eu fuja também me encantou, mas fique tranquilo, eu não irei fujir. Posso falar de como eu gostei de ouvir você cantando Charlie Brown no meu ouvido, e repetir que não, você não é um bicho.

Também tem sua maneira de pedir desculpa por tudo, o medo de machucar, mas você não machuca. Seu jeito quando fica nervoso é engraçado, você fala, e eu amei saber mais de você naquela festa, enquanto todo mundo bebia e se divertia nós nos divertíamos a dois, você falava e eu ouvia, desculpe-me se não falei muito, mas é que eu estava encantada demais por te ouvir. Posso falar do tamanho do seu coração, e da beleza que tem nele, e te dizer que você é uma das pessoas mais maravilhosas que eu já conheci. Posso falar de como foi mágico olhar para as estrelas enquanto estava nos seus braços, e de como me senti viva com aqueles nossos beijos. 

Uma vez eu ouvi dizer que as melhores coisas da vida são aquelas que chegam do nada e nos dominam, eu duvidava disso, hoje eu sei, isso é uma verdade. Mas eu ainda não sei te explicar quanto tempo leva para o amor acontecer, só não demorou muito com você. E eu sinto isso em cada gesto, em cada palavra, em cada música, em cada toque ,ou, em cada olhar que trocamos. Aquela sensação de "é ele" do primeiro encontro ainda está aqui, e sinto que ela vai prevalecer. A gente sabe quando encontrou o amor da nossa vida? Pois se souber eu sei que encontrei, e é você!

O Eterno Clichê do Amor

Vi esse quadrinho esses dias e me senti a menina que está com o coração partido, acho essa história tão clichê e já foi contada tantas vezes, mas é quase sempre isso o que acontece com a maioria de nós. Verdade ou mentira? Nós temos aquela pessoa que nos deixa cega de "amor", e aí, de uma hora pra outra, esse alguém some e parte nosso coração. Nos fechamos do mundo, nos trancamos e guardamos nosso coração não para alguém que o mereça, mas para que não venhamos a sofrer de novo, porém, como não somos donos do destino nem nada que interfira na ordem natural das coisas, não conseguimos evitar o fato de que um outro alguém venha a aparecer. Ta, eu sei, no começo é difícil, nós desconfiamos de todas as intenções, achamos que cada palavra dita é mentira, ou, uma das famosas cantadas baratas, só que sabe, existem pessoa boas por ai, não é só porque um idiota partiu seu coração que todos os outro necessariamente irão fazer o mesmo. Da medo, surgem borboletas gigantes no estômago, mas se for pra acontecer de novo vai acontecer. Não é que você vai sair por ai entregando seus sentimentos a qualquer um, mas vai aparecer alguém, não importa a hora, dia, mês ou o tempo que demorar, pode ser pouco ou muito, mas acredito que cada um tem seu par no mundo. Eu já vi essa história, na verdade a vivi, e não me arrependo de ter abandonado o medo para viver um novo amor, eu sofri muito até encontrar o cara que, ao meu ver, parece perfeito, então posso concluir que esse ciclo nunca terá fim, ainda mais na adolescência. Clichê, eu não disse? E talvez essa seja a palavra que melhor defina o amor.
PS: Tentei encontrar o nome do autor dos desenhos, mas não consegui, se alguém ai souber me avisa, ok? 


Brooke e Lucas

Ando sumida, né? E peço desculpas, mas minha vida mudou bastante no último mês e acabei ficando sem tempo para postar. Agora, mudando um pouco de assunto... estão lembrados que eu disse que falaria um pouco mais sobre Brooke Davis? Uma das personagens principais de One Tree Hill. Pois bem, resolvi começar por alguns vídeos-montagem que mostram momentos de Brooke com Lucas e algumas músicas lindas que se encaixam perfeitamente as cenas. Não posso contar a história dos dois porque acabaria com a graça de quem quer assistir, mas digamos que era algo realmente forte e que machucou,mudou e marcou a vida de Brooke por muitos anos. Particularmente, me identifico muito com a história, mas como já disse antes, a personagem é um resumo da minha vida em versão bonita haha. Ah, por favor, peguem um lenço para assistirem aos vídeos, sinto que algumas lágrimas vão rolar. 

Where I Stood

The Promise

Who Am I To Say 


Goodbye

Only One


(Re)descobrindo a vida sem você.


Vivi um faz de conta nas duas últimas semanas. Um faz de conta que você vai voltar, um faz de conta que você se importa, um faz de conta que você sente minha falta. Mas você não vai voltar, você não se importa, e muito menos, sentiu minha falta. Poucas vezes na vida eu me deixei enganar tanto como nesses dias, porém admito, sonhei com as nossas fugas, revivi as brincadeiras internas, fechava os olhos na esperança de receber um beijo, e, acabei percebendo que as fugas eram erradas, não vi mais graça nas brincadeira, e não senti mais vontade do seu beijo. 

Acabei percebendo que fiz a famosa "tempestade em copo d'água" e resolvi me refazer. Sai, comprei roupas novas, usei salto, bebi, me diverti e não permiti que sua lembrança viesse a minha mente. Pela primeira vez em mais de um ano fui quem eu realmente sou, falei sem me preocupar com o que você pensaria, ri de piadas bestas, fiz o que tive vontade e cheguei em casa morta, não pensei em você antes de dormir, apenas puis a cabeça no travesseiro. No outro dia senti orgulho de mim mesma, eu consegui viver um dia sem você! E o outro também. Não foi difícil perceber que nós não fazíamos mais parte da vida um do outro.

Revivi o adeus tantas e tantas vezes que já nem distinguo quem terminou. Andei mudando o caminho da volta para casa, detesto ir pela rodovia porque sei que sua casa é logo acima daquele prédio verde. Não ocupo mais o mesmo lugar na sala. Evito suas redes sociais e fiz de tudo para tirar seu nome do topo da listas dos meus "amigos" favoritos no chat no facebook. Guardei os presentes na minha caixa de lembranças, alguns dos livros eu não li, mas não sei quando conseguirei ler pelo simples fato de terem sido um presente seu. Não me permito ligar ou mandar mensagem, ah, e ver nossas fotos na pasta de nome "passado" também está proibido!

Eu preciso confessar que ainda espero pelas tulipas brancas, por uma palavra ou carta em que você demonstre sentimentos, mas elas não vão chegar até mim. Eu senti tanto a sua falta que doeu, mas em determinado ponto, percebi que você não sente a minha. Acostumei-me com sua ausência de tal maneira que não sinto mais sua falta. Abri os olhos, resolvi guardar os planos da imaginação no bolso e encarar a realidade. Engoli o choro e usei um pouco mais a razão. Não era para ter sido pelo fato claro de que você não se esforçou, mas eu te garanto, existem outros caras lá fora, e eu não vou me fechar para o amor só porque você o fez. Existe um sentimento dentro de mim que é forte e inabalável o suficiente para me dar as forças necessárias para olhar para a frente e seguir meu caminho. Esse sentimento, meu caro, é o amor próprio!

Casal comemora 61 anos de casados com fotos inspiradas no filme "Up- Altas Aventuras"

Em comemoração aos 61 anos de casados, Nina e Gramp concordaram em registrar o momento de um jeitinho diferente e todo especial. Uma de suas netas resolveu usar o o casal Carl e Ellie, do filme "Up- Altas Aventuras" como inspiração, e o resultado ficou incrível! Eles disseram que nesses anos todos, nunca tiraram as alianças, e que, desde o início, são melhores amigos e companheiros. Fiquei toda dengosa com as fotos, que ficaram lindas. Ainda tem alguém que duvide que o amor possa durar tanto tempo assim?
 

Olhando as fotos bate uma vontade de ter alguém com quem contar pelo resto da vida, né? Estou apaixonada pelas fotos! Não sei o nome da neta que fotografou, mas ela certamente merece muitos elogios e reconhecimento, e ao casal, que essa união dure muitos outros anos! <3


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...